MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Eleições 2020 / Eleições Bagé 2020

Renato Machado é reeleito em Hulha Negra

Em 15/11/2020 às 21:50h
Melissa Louçan

por Melissa Louçan

Renato Machado é reeleito em Hulha Negra | Eleições 2020 | Eleições Bagé 2020 | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Progressista assume terceira gestão | Foto: Tribuna do Pampa

Carlos Renato Machado foi reeleito para comandar o Executivo de Hulha Negra por mais um mandato, desta vez de 2021 a 2024. Com 56,17% dos votos, o progressista garantiu a terceira gestão no município, junto ao vice, Igor do Canto.

A primeira eleição aconteceu em 2008 e a segunda após oito anos, na eleição de 2016. Com a vitória nas urnas deste domingo, Machado alcança o recorde do pedetista Marco Antônio, eleito prefeito em três ocasiões.

No total, o município registrou 3.938 votos, 3.760 deles válidos. Deste total, 2.112 votos foram computados a Renato Machado, enquanto o candidato do PT, Fernando Campani, registrou 1.648, que representa 43,83% dos votos válidos.

Além disso, a abstenção chegou a 16,05% no município, além de 1,65% de votos em branco e 2,87% nulos.

Renato Machado foi presidente do legislativo hulha-negrense de 1993 a 1996, gestão em que foi adquirido o prédio da Casa Legislativa. De 2001 a 2008, Machado foi vice-prefeito de Hulha Negra e de 2009 a 2012 foi prefeito do município. Desde então, atuou nas secretarias de Obras, Saúde e Agropecuária.

Através da assessoria de imprensa, Machado se pronunciou: “É um momento de agradecer a nossa comunidade, que confia em nosso trabalho. Estamos aqui para servir e não para ser servidos, e a comunidade sabe do nosso amor por Hulha Negra. A resposta veio na urna junto com a certeza de que o nosso compromisso é ainda maior. A vitória é do povo de Hulha Negra. Fizemos uma campanha eleitoral diferente, em razão de estarmos vivenciando uma pandemia, foi uma campanha limpa e coerente onde prevaleceu a democracia”.

Após o encerramento das votações, o prefeito aguardou a apuração na sede do comitê central da coligação PP/PDT. Na sequência, saiu em carreta pelo zona central do município, para celebrar e agradecer a população. O prefeito e o vice-reeleitos discursaram em frente ao comitê, com a solicitação de que a população permanecesse dentro dos automóveis e que as máscaras fossem usadas.

Revanche nas urnas

Este foi o segundo embate entre os dois candidatos. No pleito de 1996, que elegeu Campani, Machado também disputou a cadeira do Executivo. Mas naquela ocasião, o progressista fez 925 votos, 38 a menos que o candidato do PT.

Legislativo

A gestão de Machado deve contar, novamente, com maioria na Câmara de Vereadores. Dos nove vereadores eleitos, cinco são da base aliada e quatro são de oposição. Três edis do PDT garantiram vaga – Getúlio Porto e Marcus Leitzke em reeleição, e o candidato mais votado, Jorge Coelho Coruja, que registrou 6,93% dos votos (265).Dos progressista, Ronaldo Pereira continua e Diego Rodrigues garante a primeira eleição. Da oposição três vereadores do PT garantiram vaga na casa legislativa: Hugo Teixeira e Dalvir Zorzi, em reeleição, e Volnei Manfron, o segundo mais votado. Já o PTB elegeu a única mulher dentre os nove vereadores, Tanira, que foi a terceira candidata mais votada, com 5,73% dos votos.

Galeria de Imagens
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online