MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Estado aumenta lista de imóveis para doação em troca de dividas na área de Saúde

Em 06/02/2021 às 04:32h
Jaqueline Muza

por Jaqueline Muza

Estado aumenta lista de imóveis para doação em troca de dividas na área de Saúde | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Cic é um dos espaços que podem ser negociadosFoto: ArquivoJM

O Programa Negocia RS, lançado em junho de 2020, pelo governo gaúcho, busca permitir a doação em pagamento de bens imóveis do Estado para a quitação de débitos com os municípios na área da Saúde. A cidade de Bagé estava apta a negociar quatro imóveis, e, agora, com nova publicação, o estado disponibiliza seis imóveis para as negociações. O objetivo da ação é sanar R$ 466,4 milhões em valores não empenhados entre 2014 e 2018.

Bagé aderiu ao programa no ano passado e tinha a disponibilidade do Centro Integrado de Compras (CIC), situado na Avenida Marechal Floriano, nº 849, com 1.233,98 metros quadrados (m²), um prédio na rua Venâncio Aires, nº 366, com 1.170 m², e o imóvel do antigo Instituto de Previdência do Rio Grande do Sul (Ipergs), localizado na rua Barão do triunfo, nº 1.058, com 864 m². Também havia um imóvel localizado na Avenida Sete de Setembro, com 414,40 m². Agora, mais dois imóveis foram disponibilizados pelo Estado: um na Rua Fabrício Pillar, nº 1.201, e outro na Rua Almirante Gonçalves, nº 626.

Com a nova lista, o Estado já mapeou 630 móveis localizados nos 497 municípios. O fluxo do processo de adesão tem 12 etapas, desde o protocolo do pedido encaminhado pelo município até a entrega do imóvel para a prefeitura que o solicitou.

Elaborada por diversos setores do Executivo, em conjunto com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), a proposta foi aprovada pelos deputados por unanimidade, no final de janeiro de 2020, e, desde fevereiro do ano passado, está sancionada pelo governador. No dia 10 de junho, o decreto 55.307, que regulamenta o programa, foi publicado, permitindo colocá-lo em prática.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online