MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Campo e Negócios

Avaliação reforça bom momento para cultivo da soja na região

Em 06/03/2021 às 06:10h

por Redação JM

Avaliação reforça bom momento para cultivo da soja na região | Campo e Negócios | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Condições climáticas mais secas foram benéficas, avaliou Emater |Foto: Divulgação

O Informativo Conjuntural elaborado pela Emater, nesta semana, voltou a frisar que o clima tem contribuído com o cultivo da soja na região da Campanha. De acordo com o levantamento mais recente, as condições climáticas mais secas foram benéficas, propiciando recuperação das lavouras com sintomas de estresse pelo excesso de chuvas registradas na primeira quinzena de fevereiro.

"De modo geral, as lavouras apresentam porte relativamente alto, variando de acordo com a cultivar e o nível de fertilidade do solo, com alta carga de vagens e folhas de coloração verde-escuro. Entretanto, a má distribuição de chuvas forma bolsões com menor umidade nos solos, como em Dom Pedrito, São Gabriel e São Borja", analisa o informe oficial.

A Emater destaca que a cultura está em fase reprodutiva e tem alta demanda de água para formação de vagens e enchimento de grãos. Por isso, ainda há risco de redução de produção e produtores que dispõem de pivôs de irrigação voltaram a utilizá-los. "As lavouras continuam apresentando ótima condição fitossanitária", frisa.

Ferrugem asiática em Bagé

O levantamento da Emater revelou, por outro lado, que, durante a semana, foram identificados os primeiros casos de ferrugem asiática em Bagé, interferindo na definição de manejo e de intervalos e fungicidas a serem empregados. "Quanto à ocorrência de insetos, o quadro também continua relativamente satisfatório, com reduzida presença de lagartas desfolhadoras, percevejos abaixo do nível de controle na maior parte das lavouras e, onde necessário, controlados com produtos específicos adicionados à aplicação de fungicidas", frisa o levantamento.

Galeria de Imagens
Leia também em Campo e Negócios
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online