MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Segurança

Receita Federal executa Operação Contramão em 31 municípios do Rio Grande do Sul

Em 30/03/2021 às 14:46h
Rochele Barbosa

por Rochele Barbosa

Receita Federal executa Operação Contramão em 31 municípios do Rio Grande do Sul | Segurança | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Divulgação/Receita Federal

Os setores de Programação e Fiscalização da Receita Federal do Brasil, por meio das Delegacias de Santa Maria e Pelotas (abrange Bagé e região), executam, neste semestre, a segunda fase da Operação Contramão, que visa coibir a sonegação de tributos federais por parte dos Centros de Formação de Condutores – CFC, domiciliados no Rio Grande do Sul.

Através do cruzamento dos dados constantes nos Sistemas Informatizados da Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB, com os registros existentes nos Sistemas Informatizados do Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN-RS, constatou-se que diversos CFCs do Estado estão oferecendo à tributação valores muito aquém dos efetivamente auferidos.

A missão dos CFCs é de formar cidadãos responsáveis quanto ao dever de obediência as leis de trânsito, mas quando o assunto é recolhimento de tributos parece que alguns destes Centros de Formação de Condutores, ao infringirem as normas tributárias, transitam na “contramão”.

Na primeira fase da Operação Contramão, iniciada no ano de 2019, foram auditados CFCs da zona sul do Estado, sendo lançados tributos e multas que superaram o montante de 19 milhões de reais. Os procedimentos executados também geraram Representações Fiscais para Fins Penais e a exclusão dos infratores do Simples Nacional.

Neste momento, estão sendo verificados indícios de omissão de receitas no setor que superam o valor de 120 milhões de reais. Espera-se, nesta segunda fase da Operação Contramão, a recuperação de créditos tributários em montante superior a 43 milhões de reais e um expressivo incremento na arrecadação tributária federal do setor.

Para ilustrar como a sonegação de tributos causa prejuízos à sociedade, com os 43 milhões de reais que deixaram de ser recolhidos, seria possível adquirir 738 mil doses da vacina Coronavac, para o combate à pandemia do Coronavírus, considerando o valor unitário de R$ 58,20.

Galeria de Imagens
Leia também em Segurança
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online