MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

COVID-19

Santa Casa recebe nova remessa de medicamentos do kit intubação

Em 05/04/2021 às 22:18h

por Melissa Louçan

Santa Casa recebe nova remessa de medicamentos do kit intubação | COVID-19 | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Divulgação

Uma nova remessa de medicamentos do kit intubação será distribuída para hospitais de todo o Estado a partir desta terça-feira. A parceria da Secretaria de Saúde e o Exército Brasileiro deve entregar 92.799 frascos de sedativos e bloqueadores neuromusculares para 69 hospitais gaúchos: a Santa Casa de Caridade de Bagé é um deles.

A instituição de saúde bajeense deve receber 990 frascos de 10 ml e 10 frascos de 3 ml de midazolan, 252 de rocurônio, 300 de frascos de 2,5 ml  e 75 de 5 ml de atracúrio. Estes medicamentos fazem parte do chamado kit intubação, necessários ao procedimento de ventilação mecânica em pacientes com dificuldades respiratórias.

Essa nova remessa foi enviada pelo Ministério da Saúde e os critérios de rateio são de competência da SES. O armazenamento e a distribuição são realizados com auxílio do Exército Brasileiro. Os produtos são separados e armazenados no 3º Batalhão de Suprimento, em Nova Santa Rita, e, posteriormente, distribuídos pelo 3º Grupamento Logístico.

A remessa desta semana é composta por 39.825 frascos de Atracúrio, 11.415 frascos de Cisatracúrio, 22.630 frascos de Midazolam e 18.929 frascos de Rocurônio. O Midazolam será distribuído para 46 hospitais que têm leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (UTI), e proporcionará uma cobertura mínima para quatro dias de consumo. Os outros medicamentos, que são bloqueadores neuromusculares, serão distribuídos a 58 hospitais que têm leitos de UTI pelo SUS e proporcionará uma cobertura mínima para cinco dias de consumo.

A responsabilidade pela compra desses medicamentos é das instituições hospitalares, não fazendo parte da rotina da Assistência Farmacêutica do Estado. No entanto, frente à dificuldade de aquisição no país e ao aumento da demanda desde o ano passado, o governo do Estado e o Ministério da Saúde se articularam para comprá-los excepcionalmente e distribuí-los às instituições com estoques críticos e que prestam atendimento pelo SUS.

A SES realiza, com hospitais e Pronto Atendimentos, um levantamento semanal do estoque dos 22 medicamentos para intubação. A ação de rotina visa acompanhar a quantidade de cada um na rede hospitalar, que sofre escassez desde julho do ano passado, em decorrência da pandemia de Covid-19. Já foram adquiridos medicamentos no mercado nacional e internacional, tanto pelo Ministério da Saúde quanto pelo Estado do RS.

Galeria de Imagens
Leia também em COVID-19
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online