MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Segurança

Violência em residenciais é tema de reunião

Em 07/04/2021 às 15:03h
Rochele Barbosa

por Rochele Barbosa

O Gabinete de Relações Institucionais da Prefeitura de Bagé reuniu autoridades, na manhã dequarta-feira , dia 7, para discutir o crescimento da violência nos residenciais da faixa 1, do antigo programa Minha Casa, Minha Vida. Na pauta da discussão estiveram o aumento do consumo de entorpecentes, dos abusos infantis, bem como da violência doméstica e patrimonial nas moradias. Os síndicos apresentaram demandas relacionadas aos condomínios no que tange às atuações das forças de segurança, bem como requereram do Conselho Tutelar uma ação mais efetiva nesse sentido. Quanto ao trabalho do município, os síndicos destacaram a preocupação e atuação da Assistência Social, que age com proatividade, fazendo visitas periódicas aos moradores.

O secretário Graziane Lara reforçou a disponibilidade de recursos municipais para apoio ao Conselho Tutelar. “Nós oferecemos a estrutura necessária para o órgão atuar e estamos à disposição dos moradores e das forças de segurança para um trabalho conjunto”, afirmou.

Já o prefeito Divaldo Lara falou sobre a ampliação das políticas públicas de fiscalização e ação diante dos casos de violência. “Juntar essas forças (municipais e da Segurança Pública) é muito importante. E queremos avançar mais, ser mais parceiros nesse cinturão de monitoramento”, explicou, citando a expansão do videomonitoramento, em parceria com as polícias, como um caminho para atenuar situações de criminalidade.

Divaldo ainda aproveitou a reunião com os representantes dos residenciais para informar sobre o andamento da isenção do Imposto Predial Territorial Urbano para faixas mais vulneráveis: “O imposto está sendo calculado em cima de valores venais desatualizados. Com a discussão da justiça tributária, poderemos cobrar o valor correto de quem tem grandes propriedades e paga um valor irrisório por elas e, com isso, conseguir isentar quem não pode pagar”, afirmou.

Leia também em Segurança
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online