MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Caixa será contratada para fiscalizar e gerenciar as obras da barragem da Arvorezinha

Em 17/04/2021 às 08:06h
Melissa Louçan

por Melissa Louçan

Caixa será contratada para fiscalizar e gerenciar as obras da barragem da Arvorezinha | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Exército iniciou levantamento topográfico | Foto: Audrin Quadros/Especial JM

A Secretaria de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos (Geplan) está finalizando os processos licitatórios para contratar empresas responsáveis pelo Plano Básico Ambiental (PBA) da obra da barragem da Arvorezinha e de gerenciamento e fiscalização do andamento do empreendimento. Para este último quesito, parte do recurso será destinado para contratação da Caixa Econômica Federal, que já tem expertise em fiscalização de obras públicas.

O secretário Ronaldo Hoesel, responsável pela Geplan, explica que a licitação para contratar a empresa de fiscalização e gerenciamento está pronta para ser publicada. Para este serviço, parte da verba será destinada à contratação da Caixa Econômica Federal. “A Caixa já tem know how de fiscalização para evitar que a gente tenha problemas em prestação de contas, cuidados com relatórios”, destaca.

Além disso, o município trabalha na licitação para contratação de empresas responsáveis por realizar a fiscalização e gerenciamento da obra e do Plano Básico Ambiental - responsável por traçar todas as ações de gerenciamento das questões ambientais, condicionante para a licença de instalação de uma obra. “Nós temos uma comissão, com participação de integrantes diversos, e nos reunimos diariamente para atualizar sobre o andamento do processo. Então está em andamento, em plena atividade, todas as etapas de construção da barragem”, destaca.

Em outra frente de trabalho, uma equipe de militares está incumbida de realizar a topografia do local - ou seja, identificar as características do terreno para auxiliar no andamento do projeto. Paralelo a isso, é aguardada a liberação dos recursos através dos convênios pactuados com o Governo Federal para iniciar, efetivamente, a obra. Contudo, não é possível definir uma data para a movimentação efetiva no canteiro de obras, apesar da expectativa de Hoesel de que seja o quanto antes, já que a metodologia de trabalho do Exército é diferente de empresas privadas. O prazo máximo de construção é de dois anos.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online