MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Defensoria Pública da União registra pedidos por Auxílio Emergencial negados

Em 04/05/2021 às 11:45h
Jaqueline Muza

por Jaqueline Muza

Defensoria Pública da União registra pedidos por Auxílio Emergencial negados | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Cerca de 40 pessoas estão na fila de espera | Foto: ArquivoJM

Os pedidos de auxílio emergencial negados começaram a aumentar a demanda da Defensoria Pública da União em Bagé. O serviço foi criado, no ano passado, para ajudar a resolver pendências que estavam bloqueando o pagamento do benefício. Este ano, o órgão já conta com fila de espera.

De acordo com o defensor público federal Guilherme Francisco Paul, as pessoas que tiveram o benefício negado, por qualquer razão, e que residam na área de abrangência do órgão, podem procurar a unidade, por telefone ou e-mail, para que seja verificado o motivo do bloqueio. Ele salienta que, atualmente, já há uma fila de 40 pessoas na espera para abertura de novos procedimentos.

Paul informa que, este ano, já foram abertos mais de 350 processos de assistência jurídica e cerca de 90% dos casos são de demandas pelo auxílio emergencial. “Temos realizado, em média, 80 atendimentos diários por telefone e WhatsApp, para tratar de todo o tipo de assunto, como demandas de saúde, criminais, previdenciárias e auxílio emergencial”, relata.

O defensor explica que, diante da grande procura pelo serviço, o órgão estipulou quatro novos processos de assistência jurídica por dia, e, devido a isso, se forma a fila por novos pedidos de auxílio. “Por enquanto, iremos seguir neste ritmo. Temos, hoje, cerca de 1,2 mil processos judiciais sob nossa responsabilidade”, ressalta.

O atendimento é feito somente pela internet ou pelo telefone (53) 3240-4100 e a Defensoria se dispõe a dirimir as dúvidas e informar como proceder para encaminhar a documentação mínima necessária para dar início ao processo. O calendário de pagamento do Auxílio Emergencial em 2021 recomeçou no dia 6 abril, pelos inscritos pelo app e site da Caixa, e teve a primeira parcela creditada até 29 de abril, para este grupo. Na sexta-feira, iniciou o calendário de saque da primeira parcela que segue até dia 17 de maio.

O Ministério da Cidadania divulgou, no final de março, o cronograma com as datas completas das quatro parcelas do novo auxílio emergencial. Para o grupo do Bolsa Família, o pagamento ocorre sempre a partir da segunda metade do mês, seguindo o calendário próprio do programa. Serão quatro novas parcelas com valores entre R$ 150 e R$ 375 para apenas um integrante por família. Ao todo, 45 milhões de brasileiros serão contemplados, ante 68 milhões no ano passado. 

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online