MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Plano estadual de educação para pessoas presas e egressas do sistema prisional deve beneficiar o Presídio Regional de Bagé

Em 01/08/2021 às 10:11h
Jaqueline Muza

por Jaqueline Muza

Plano estadual de educação para pessoas presas e egressas do sistema prisional deve beneficiar o Presídio Regional de Bagé | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Tiago Rolim de Moura

Com o objetivo de melhorar a oferta educacional nos estabelecimentos prisionais do Rio Grande do Sul e qualificar a política de educação para apenados e egressos, o Plano Estadual de Educação às Pessoas Presas e Egressas do Sistema Prisional, para o quadriênio 2021-2024, foi assinado nesta semana.

A iniciativa é das secretarias de Justiça e Sistemas Penal e Socioeducativo (SJSPS) e da Educação (Seduc), da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e do Conselho Penitenciário. O diretor do Presíio Regional de Bagé, Alessandro Severo, salienta que ainda não recebeu dados nem informações sobre o Plano, o que deve acontecer nas próximos dias.

O Plano pretende ampliar os índices de pessoas presas participando de exames nacionais, realizar levantamento periódico de dados sobre as ações de educação para pessoas presas e egressas, buscar estratégias para garantir a capacitação de profissionais ligados à educação no sistema prisional e aumentar a oferta de educação à distância para o sistema prisional.

Entre as metas estabelecidas na parceria está ampliar em, no mínimo, 50% o número de pessoas presas estudando, bem como capacitar anualmente todos os professores que atuam nos Núcleos Estaduais de Educação de Jovens e Adultos (Neeja) Prisionais e melhorar a estrutura de todas as salas de aula da Cadeia Pública de Porto Alegre. O plano também prevê como meta criar um comitê gestor permanente de educação prisional entre a SJSPS e suas vinculadas, e entre a Seduc e suas coordenadorias regionais, para tratar da pauta da educação em prisões e suas composições.

Além da educação formal, o plano prevê o incentivo à educação complementar ou não formal, com ações complementares de cultura, esporte, inclusão digital, programas de acesso à leitura, além de implantação e manutenção de bibliotecas e espaços de leitura, objetivando o desenvolvimento de habilidades e potencialidades das pessoas presas.

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) orientou o processo de construção do projeto, por meio de reuniões e análise documental, e sinalizou que o plano do Rio Grande do Sul está alinhado com as diretrizes nacionais estabelecidas.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br