MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Novos valores da gasolina e gás de cozinha já estão sendo praticados em Bagé

Em 12/10/2021 às 09:45h
Melissa Louçan

por Melissa Louçan

Novos valores da gasolina e gás de cozinha já estão sendo praticados em Bagé | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Valores variam de R$ 98 a R$ 110 Foto: Tiago Rolim de Moura

Desde o último sábado, os valores do gás de cozinha (GLP) e da gasolina estão mais caros. Após o anúncio da Petrobras, no dia 8, o litro da gasolina passou de R$ 2,78 para R$ 2,98 nas refinarias; para o GLP, o preço médio passa de R$ 3,60 para R$ 3,86 por kg, equivalente a R$ 50,15 por botijão de 13kg.

O levantamento periódico dos valores realizado pela Agência Nacional do Petróleo - ANP, realizado entre 5 e 7 de outubro, apontou valores por litro entre R$ 6,99 e R$ 7,24 para a gasolina comum. Já em relação ao gás de cozinha, a pesquisa realizada no mesmo período, apontou valores entre R$ 95 e R$ 110.

Já o levantamento realizado pela reportagem na tarde de ontem, após a aplicação dos novos valores, o valor do litro da gasolina comum ficou entre R$ 7,13 e R$ 7,49, com a consulta a cinco postos de combustível.

Já na consulta realizada pelo jornal, nesta segunda-feira, dos valores para o gás de cozinha, os valores variaram entre R$ 98 e R$ 110 em seis empresas consultadas.

Vale destacar que, conforme informações do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de janeiro a setembro deste ano, o valor da gasolina já teve alta de 39,6%, enquanto o gás subiu 34,67% no mesmo período.

Conforme explica a estatal, a gasolina tipo A corresponde a 73% da gasolina comum que chega ao consumidor. Os 23% restantes são de etanol. A formação dos preços de revenda da gasolina C, distribuída para os consumidores, por estado segue a seguinte fórmula: 33,4% para realização da Petrobras; 11,3% para CIDE e PIS/PASEP e COFIN; 27,7% para ICMS;16,9% custo do Etanol anidro; 10,7% para distribuição e revenda.

Já para o gás, a distribuição é a seguinte: 47,5% realização da Petrobras; 14,8% para ICMS; 0,0% de PIS/PASEP e COFINS; 37,6% para distribuição e revenda.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br