MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Projeto de lei institui escola polo para alunos com surdez em Bagé

Em 13/10/2021 às 15:00h

por Redação JM

Projeto de lei institui escola polo para alunos com surdez em Bagé | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Fundação Bidart já é referência na rede municipal / Foto: ArquivoJM

O Legislativo bajeense avalia uma proposta de lei, apresentada pela prefeitura, que institui, na rede pública municipal, a escola polo para alunos com surdez. A escola, que funcionará na Fundação Bidart, vai atender desde a etapa da educação infantil, nível de pré-escola, até os alunos finais do ensino fundamental. A Câmara ainda não tem prazo para votação da matéria.

A Fundação Bidart já é uma referência. Pelo projeto do governo, a escola vai oferecer a Língua Brasileira de Sinais (Libras) em conjunto com a Língua Portuguesa, fazendo um atendimento bilíngue a todos os alunos. A Libras será entendida como componente curricular. A Língua Portuguesa deverá contemplar o ensino da modalidade escrita, considerada como fonte necessária para que o aluno surdo possa construir seu conhecimento.

A proposta também estabelece que, para atuar no atendimento educacional especializado para pessoas com surdez, o profissional de educação, além da habilitação na área de atuação, deverá ter habilitação específica na área de surdez, em nível de graduação ou pós-graduação. E, além dos professores, a escola contará também instrutores de Libras e tradutor intérprete de Libras.

Além de atividades de formação continuada, o Projeto Político e Pedagógico do polo deverá contemplar condições adequadas ao desenvolvimento físico, motor, emocional, cognitivo e social dos alunos surdos, experiências de exploração da linguagem, realização de ações que possibilitem às famílias o conhecimento de Libras e outros projetos que contemplem as especificidades educacionais dos alunos.

A proposição foi apresentada, ao Legislativo, pela secretária municipal de Educação e Formação Profissional, Adriana Lara. Na justificativa apresentada à Câmara, o prefeito de Bagé, Divaldo Lara, do PTB, argumenta que é 'necessário pensar nos processos inclusivos de alunos surdos, com ações que visem a capacitação de docentes e demais profissionais que trabalham na escola, para que compreendam as especificidades linguísticas e socioculturais dos alunos surdos'.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br