MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Esportes

Com Sabella e Sandro no comando, Bagé mantém foco na Copa FGF

Em 24/10/2021 às 08:30h
Yuri Cougo Dias

por Yuri Cougo Dias

Com Sabella e Sandro no comando, Bagé mantém foco na Copa FGF | Esportes | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Profissional estava como Gerente de Futebol do clube - Foto: Reni Villamil/Especial JM

Com o término da primeira fase da Divisão de Acesso e o posterior rebaixamento à Terceirona de 2022 com a perda de 12 pontos, o técnico Fabiano Daitx e os demais integrantes da comissão deixaram o Bagé. Para cumprir com o restante dos jogos da Copa FGF, a solução foi caseira. E a escolha também pode ser considerada inusitada: Pedro Trindade Martins (Sabella) assumiu, interinamente, como treinador do Bagé. O trabalho na casamata também será feito com o preparador de goleiros, Sandro Islabão.

O fato é visto como curioso pelo fato de Sabella ter presidido, em ocasiões anteriores, o rival Guarany. Inclusive, em julho, quando assumiu como Gerente de Futebol do Bagé, o assunto foi tomado com polêmicas nas redes sociais. Por sua vez, Sabella, que é formado em Educação Física, argumenta que apenas está exercendo sua função, em caráter profissional no clube. Já Sandro foi goleiro do Guarany em várias temporadas, porém, já trabalho em outras ocasiões, como preparador de goleiros de Bagé.

E a dupla já teve seu primeiro trabalho na tarde de quinta-feira (21), quando comandou a vitória do Bagé, por 1 a 0, sobre o Riopardense, no Sesc Protásio Alves, em Porto Alegre. O jalde-negro inaugurou o placar aos sete minutos da etapa inicial. Bola cruzada da ponta esquerda para Gustavo Rambo cabecear livre dentro da pequena área. No começo do segundo tempo, Damasceno levou o segundo amarelo e foi expulso, deixando o Bagé com um a menos. Com vantagem numérica, o Riopardense empilhou finalizações, mas não conseguiu chegar ao empate.

Com o resultado, o Bagé permanece em terceiro na chave C, com 11 pontos, mas agora, dentro da zona de classificação. A Copa FGF é composta por 18 times, distribuídos em três grupos de seis. Avançam para as quartas de final os dois primeiros de cada chave, mais os dois melhores terceiros. Agora, terá pela frente mais dois jogos no estádio Pedra Moura: Rio Grande (terça-feira, 26, às 15h) e Grêmio-B (4 de novembro, às 15h), ambos com portões fechados, em razão do cumprimento de mandos de campos. Depois, o jalde-negro pega o São José (fora) e 12 Horas (em casa), com datas a serem definidas.

Em relação às dispensas de jogadores, há nomes que já deixaram o elenco e outros que ainda devem sair. Também há uma tendência para que o Bagé recorra à decisão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da condenação da perda dos 12 pontos. Entretanto, até o fechamento desta edição, a direção não tinha se manifestado sobre tais assuntos.

Galeria de Imagens
Leia também em Esportes
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br