MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Campo e Negócios

Pastagens anuais de inverno estão com bom desenvolvimento, diz Emater

Em 21/05/2022 às 06:39h

por Redação JM

Pastagens anuais de inverno estão com bom desenvolvimento, diz Emater | Campo e Negócios | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Emater/RS-Ascar

Na maior parte das regiões do Rio Grande do Sul, as pastagens anuais de inverno já foram implantadas e estão com bom desenvolvimento, mesmo com a ocorrência de dias com baixa insolação. De acordo com o Informativo Conjuntural, produzido e divulgado quinta-feira, dia 19, pelas gerências de Planejamento e Comunicação da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), as adubações em cobertura estão sendo utilizadas com muito critério a fim de evitar perdas, principalmente devido à elevação dos preços dos insumos.

Apesar da menor qualidade nutricional, as pastagens nativas ainda apresentam capacidade de suporte ao pastejo dos animais, em especial nas propriedades que reduziram a lotação ou que diferiram potreiros para permitir o acúmulo de forragem para o final do outono.

Na regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, em municípios onde os produtores fizeram o plantio tardio das lavouras de soja, as áreas foram recentemente liberadas para dar início ao plantio de pastagens de inverno. Na regional de Caxias do Sul, nos dias em que o solo ficou encharcado, muitos produtores optaram por cortar e oferecer o pasto diretamente nos cochos para evitar a compactação pelo pisoteio e o arrancamento das forragens.

Na regional de Passo Fundo, as áreas de pastagens perenes de verão e os campos nativos têm sido utilizados como área de descanso dos animais e como fonte de fibras complementar às pastagens em fase inicial de pastoreio. Na regional de Pelotas, restevas de arroz ainda permanecem como opção estratégica para forrageio neste período, porém, com a tendência de frio para as próximas semanas, sua capacidade de suporte tende a diminuir.

Galeria de Imagens
Leia também em Campo e Negócios
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br