MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Campo e Negócios

Inflação dos custos de produção de maio atinge 2,69%, diz Farsul

Maiores aumentos na expressiva alta foram nos agroquímicos, principalmente herbicida e inseticida

Em 30/06/2022 às 06:33h

por Redação JM

Inflação dos custos de produção de maio atinge 2,69%, diz Farsul | Campo e Negócios | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Fernando Dias/Especial JM

O mês de maio fechou com uma inflação de 2,69% nos custos de produção do agronegócio na comparação com o mesmo período de 2021, conforme aponta o Índice de Inflação dos Custos de Produção (Iicp), divulgado pela Farsul, na terça-feira, dia 28. Os maiores aumentos na expressiva alta foram nos agroquímicos, principalmente herbicida e inseticida. Também foi identificada elevação nos fertilizantes.

Após mais uma alta, o Iicp acumulado no ano chegou aos dois dígitos em maio, com alta de 10,39% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em 12 meses o acumulado é de 44,67%. A Assessoria Econômica da Farsul destaca que 2021 também foi um ano de alta, o que faz a elevação deste ano ocorrer em cima de uma base já inflacionada.

Já o Índice de Inflação dos Preços Recebidos (Iipr) voltou a ter alta, com 2,13% em maio na comparação com abril. Os maiores aumentos foram observados no trigo em um movimento sazonal por ser período de plantio, e na soja, refletindo a retomada da alta da taxa cambial no último mês. No acumulado em 12 meses, o Iipr registrou alta de 7,13%. Apesar do resultado positivo, os custos vêm crescendo de forma mais acelerada que preços, estreitando a mas margens de lucro dos produtores.

O relatório também aponta que o crescimento do Iipr está abaixo do Ipca Alimentos, indicando que os preços aos consumidores estão em uma elevação mais acentuada do que os valores recebidos pelos produtores. E mesmo em um momento de inflação geral de preços no país, os produtos que compõem a cesta de custos de produção estão em um movimento de alta mais acelerado que a média da economia (Ipca).

Galeria de Imagens
Leia também em Campo e Negócios
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99971-9480

jornal@minuano.urcamp.edu.br
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

jornal@minuano.urcamp.edu.br
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

jornal@minuano.urcamp.edu.br