ANO: 24 | Nº: 6059
24/05/2017 Cidade

Projeto “Meia hora de carinho” precisa de voluntários

Foto: Arquivo JM

Iniciativa é direcionada a acamados e cadeirantes em hospitais, asilos e residências de Bagé
Iniciativa é direcionada a acamados e cadeirantes em hospitais, asilos e residências de Bagé

O projeto "Meia hora de carinho" tem o objetivo de unir e organizar pessoas que queiram doar um pouco do seu tempo a acamados e cadeirantes em hospitais, asilos e residências de Bagé. Para essa missão, a proposta precisa de voluntários. Essa é uma iniciativa da vereadora Sonia Leite, realizada pelo Movimento da Mulher Gaúcha (MMG).

O trabalho iniciou em 2013 e estendeu-se até 2016, quando teve uma pausa. Para retomar o projeto, uma reunião foi agendada para o dia 7 de junho, às 17h, no MMG. A sede fica localizada na avenida Marechal Floriano, nº 957. Sonia relata que possui um projeto em que entrega cadeiras de rodas e camas hospitalares sem custo. E, foi durante uma destas entregas, que teve a ideia de chamar voluntários para o projeto "Meia hora de carinho".

A vereadora conta que em alguns casos os atendidos não têm família. Em outros, porém, os familiares estão cansados ou não têm tempo. A iniciativa tem cadastrados cerca de 300 nomes de cadeirantes e acamados em Bagé. Os voluntários podem escolher a quem atender. Quem decidir participar também escolhe a frequência que vai dedicar seus 30 minutos.

Após o dia 7 de junho, serão realizadas também outras reuniões, para que os voluntários contem suas experiências e avaliem a atividade. "Às vezes, as pessoas não podem sair de casa, não recebem carinho, então queremos ir até elas", justifica Sonia Leite.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...