ANO: 24 | Nº: 6083
13/06/2017 Cidade

Vereador quer retomar projeto do Parque Científico Tecnológico da Campanha

Foto: Arquivo JM

Empreendimento deve ser instalado em uma área da Unipampa
Empreendimento deve ser instalado em uma área da Unipampa

O projeto de implantação do Parque Tecnológico e Científico da Campanha ganha apoio da Câmara de Vereadores de Bagé. Na sexta-feira, o vereador Omar Ghani (PR) protocolou o pedido de implantação de uma comissão parlamentar para tratar o tema.

Segundo o vereador , o objetivo da comissão é  viabilizar recursos para a implantação. Ele conta que o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) disponibilizou um recurso de R$ 1 milhão para o orçamento de 2018. “ Estamos retomando a comissão que jê existia na última gestão”, afirmou.

O projeto de implantação do parque começou a ser discutido em 2013. Em 2014, o idealizador da proposta, André Mello, que representa o Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul) tentou verbas estaduais para a implantação, mas não foi contemplado.  Conforme Mello, o projeto pretende viabilizar uma nova matriz econômica de emprego e renda para Bagé e região.

De acordo com o idealizador, o principal problema para a implantação do parque é a captação de verbas para a construção do prédio. A primeira fase do projeto prevê 10 empresas e já há sete que apresentaram cartas de intenção para se  instalar na cidade. “Já temos uma área de cinco hectares no campus da Universidade Federal do Pampa em Bagé (Unipampa) e falta o recurso para a obra”, disse. O valor para a implantação é de R$ 2,5 milhões.

Mello argumentou que este ano o projeto foi credenciado na Secretaria Estadual de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (Scit) para concorrer ao  aporte financeiro, porém só foram contemplados projetos que buscavam compra de equipamentos.

O Parque Tecnológico será desenvolvido pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e IFSul, com apoio da Universidade da Região da Campanha (Urcamp). No primeiro momento, os eixos de trabalho serão voltados para as áreas de energia, engenharia, software e agronegócio. “O objetivo  do Parque Tecnológico é gerar empregos, renda, manter a parceria entre instituições de ensino e gerar desenvolvimento para a região”, destacou Mello.


Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...