ANO: 25 | Nº: 6310
30/09/2017 Cidade

Sine de Bagé registra recorde de atendimentos no Dia D da inclusão social

Foto: Tiago Rolim de Moura

Evento contabilizou cerca de 120 atendimentos
Evento contabilizou cerca de 120 atendimentos

O Dia D da inclusão, realizado na sexta-feira, pela agência do FGTAS/Sine de Bagé, registrou a maior movimentação de todas as edições da ação já promovidas no município. No período de atividade, das 9h às 12h e das 13h30min às 17h30min, a equipe de funcionários contabilizou cerca de 120 atendimentos para 35 vagas de emprego, disponibilizadas por nove empresas.
Promovido nacionalmente, pelo Ministério do Trabalho, a atividade se trata de um dia para atendimento exclusivo de pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). A ação tem o objetivo de fazer uma conexão entre os trabalhadores que queiram voltar ao mercado, com as empresas que precisam oferecer cotas e queiram completar seu quadro funcional.
Em Bagé, o Dia D é realizado desde 2014. No ano passado, a agência atendeu 24 candidatos. Na avaliação, o coordenador da agência local do FGTAS/Sine, Marcelo Nalério, o êxito do evento se deve ao empenho da equipe, ao auxílio dos profissionais do INSS e à disponibilidade das empresas participantes, sendo que quatro realizaram entrevistas durante a ação.
O coordenador também enfatiza a importância da divulgação dos veículos de comunicação e do apoio de entidades, como o Caminho da Luz, a Associação Bajeense de Deficientes Físicos (Abadef), a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e a União Bajeense de Associação de Moradores (Ubam).
A ex-vigilante reabilitada, Sílvia Brandão, 43 anos, conta que foi encaminhada ao evento pela sua agente social do INSS. Ela explica que está há dois anos sem emprego, após sofrer um acidente de moto, em 2015. “Espero aproveitar esta oportunidade”, declarou.


Treinamento pedagógico

Antes da abertura da agência, das 8h às 9h, a analista do seguro social do INSS, Kélcia Damásia Cordeiro Neto, ofereceu um treinamento legislativo para os funcionários do FGTAS/Sine. A analista explicou detalhes sobre a Lei de Cotas, implantada pelo Decreto 3.298/1999, que estabelece a reserva de vagas de emprego, em empresas com 100 ou mais funcionários, para pessoas com deficiência ou reabilitados que sofreram acidente de trabalho, beneficiários da Previdência Social.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...