ANO: 25 | Nº: 6262
13/11/2017 Cidade

Coleta de sangue mobiliza poucos voluntários

Foto: Tiago Rolim de Moura

foram coletadas 89 bolsas
foram coletadas 89 bolsas

Mesmo mantendo o número de cadastros em 123 pessoas, a coleta de sangue deste mês contabilizou apenas 89 bolsas, diminuindo a média dos últimos meses, que ultrapassou 100 bolsas. A campanha de novembro foi realizada em data diferenciada em relação às ações anteriores, o que irá se repetir no dia 16 de dezembro, quando será feito o último recolhimento antes das festas de final de ano. As coletas são realizadas mensalmente no Posto de Atendimento Médico I (Pam I).
A coordenadora do Hemocentro de Pelotas (Hemopel), responsável pela ação, Gisele Pinto, salienta que a reposição com doadores voluntários é muito importante, principalmente no final do ano, porque é um período que aumentam as urgências. Na atividade de sábado, entretanto, a maioria das doações foram dirigidas.
O microempresário Luís Henrique Mendes Cougo, 50 anos, foi um desses casos. Ele é doador, mas há cerca de dois anos não comparecia às campanhas. A doação de Cougo, desta vez, foi dirigida para o pai de um amigo que fará cirurgia na próxima semana.
A comerciária Patrícia Alves Rodrigues, 37 anos, também fez doação dirigida. Apesar de ser sua primeira participação em campanhas do gênero, a motivação foi a cirurgia do pai. Ela conta que são necessárias seis bolsas para que ele realize um procedimento no coração com segurança. “Viemos em família fazer a coleta”, contou.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...