ANO: 26 | Nº: 6589
12/12/2017 Cidade

Encontro debate implantação do Centro de Desenvolvimento Regional

Foto: Tiago Rolim de Moura

Primeira oficina ocorreu em novembro e reuniu prefeitos e representantes da região
Primeira oficina ocorreu em novembro e reuniu prefeitos e representantes da região

Acontece, nesta terça-feira, 12, a segunda Oficina de Implementação do Centro de Desenvolvimento Regional (CDR), projeto-piloto no Brasil que contemplará, inicialmente, apenas quatro cidades do país, sendo que Bagé é um dos municípios que terá o funcionamento do projeto.

O evento é realizado pelo Centro de Estudos Estratégicos (CGEE) e pela Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação (SESU/MEC), em parceria com a Universidade da Região da Campanha (Urcamp) e Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede Campanha).

As atividades se concentração na terça e quarta-feira, no salão de atos da Urcamp. O encontro tem como objetivo dar continuidade às discussões iniciadas na primeira oficina, realizada em 7 de novembro, além de fomentar debates. A segunda oficina contará com a presença do secretário de educação do Ensino Superior, Paulo Barone, além de prefeitos da região e representantes de instituições, órgãos e associações.

 

Saiba mais

A proposta do CDR é formar um programa até o fim de 2018, a partir das experiências que estão sendo propostas nos projetos-pilotos, cuja finalidade principal é apoiar a organização de uma agenda de iniciativas das instituições da base técnico-científica no interesse do desenvolvimento das suas regiões.
Além disso, o programa procura atender objetivos como de aumento da competitividade e sustentabilidade das estruturas sociais e econômicas regionais; da melhor apropriação social dos esforços e formação de recursos humanos e investimentos em educação e ciência, tecnologia e inovação e de resultados das atividades de pesquisa e desenvolvimento que assegurem melhoria de qualidade de vida das populações.
O CDR terá sua estrutura centralizada no campus central da Urcamp e será constituído, conforme a CGEE, por uma coordenação, professores e pesquisadores.

 

Programação

Terça-feira, 12

15h - Mesa de abertura;

15h30min – Apresentação dos dados regionais (indicadores, mapas e sistema);

16h30min – Apresentação da metodologia de trabalho da oficina;

17h – Validação dos alvos e indicação de projetos.

 

Quarta-feira, 13

9h – Trabalho dirigido em grupo/definição de projetos (um coordenador e três facilitadores);

10h – Sistematização dos projetos com moderação do diretor do CGEE, Antônio Galvão;

11h30min - Encerramento.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...