ANO: 25 | Nº: 6401
29/12/2017 Cidade

Prefeitura suspende licitação para contratação de médicos da UPA e Samu

Foto: Tiago Rolim de Moura

Serviço é atendido pela Unimed RS
Serviço é atendido pela Unimed RS
Foi formalizada, ontem, a suspensão do processo licitatório para a contratação de empresa especializada na prestação de serviços médicos de urgência e emergência e pronto-atendimento. Os envelopes seriam abertos hoje, mas, devido a pedidos de impugnação por parte de empresas interessadas, o certame foi cancelado.
Conforme informações do supervisor geral de Compras e Licitações da Prefeitura de Bagé, Ricardo de Freitas Barcelos, o município recebeu pedidos de impugnação ao edital e seus anexos e todos foram analisados e acatados. “O processo será avaliado e passará por adequação do edital e termo de referência”, disse. O novo pregão deve ser realizado no dia 12 de janeiro de 2018.
A empresa vencedora do certame vai atuar no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24 Horas. O contrato com a Federação das Cooperativas Médicas do Rio Grande do Sul (Unimed-RS), que atende os dois serviços, vence em janeiro. O edital prevê pediatras, clínicos e emergencistas, alguns com treinamento em regulação.
A previsão é de que a empresa cumpra com a demanda de cerca de 60 médicos que atendem uma média de 1,2 mil chamadas no Samu e mais de 7,5 mil pessoas na UPA. Atualmente, a secretaria paga R$ 205.364,10 pelos profissionais que atendem o Samu e R$ 410.728,17 pelo serviço da UPA.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...