ANO: 26 | Nº: 6495
06/03/2018 Cidade

Propostas por imóveis da Cooperativa Tritícola Assis Brasil estão sob análise da Justiça

Foto: Reprodução JM

Quarto leilão para venda do complexo registrou dois lances
Quarto leilão para venda do complexo registrou dois lances

Realizado no último dia 2, no átrio do Fórum de Bagé, a quarta tentativa de leilão dos imóveis que integram a Cooperativa Tritícola Assis Brasil, em Hulha Negra, foi marcado pela apresentação de duas ofertas de compra do complexo em sua totalidade. Ambas propostas foram encaminhadas para o Judiciário, que agora analisa as condições oferecidas.

O leiloeiro responsável, João Honor Coirollo, desta vez, abriu o leilão para ofertas com os valores das construções e seus respectivos terrenos por 50% do valor anunciado inicialmente, de R$ 3,7 milhão pelos 17 imóveis. Contudo, a preferência seria de quem oferecesse lances pela totalidade dos bens do complexo. Neste caso, como foram duas propostas, ambas seguiram para análise judicial, já que o leilão está relacionado a uma execução fiscal do Estado. 

O prefeito de Hulha Negra, Renato Machado, confirmou que uma das duas propostas foi do Executivo. Entretanto, preferiu aguardar o retorno quanto à proposta apresentada, que deve sair na sexta-feira, dia 9, para se manifestar.

A outra proposta foi apresentada por um advogado de Porto Alegre, que não teve seu nome divulgado.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...