ANO: 25 | Nº: 6312
30/07/2018 Esportes

Jeep Clube de Bagé realiza 24ª trilha e inaugura pista com obstáculos

Foto: Antônio Rocha

A 24ª trilha e o 1º Jeep Cross em pista com obstáculos de Bagé foram atrações no final de semana da Rainha da Fronteira.

De acordo com o integrante do Jeep Clube de Bagé, Rodrigo Flores, o clube foi fundado em 26 de abril de 1981 e reconhecido como entidade pública em 1991. As atividades desenvolvidas reuniu jipeiros de diversas cidades do Estado, assim como do Uruguai e da Argentina. Participantes de Dom Pedrito, Rosário do Sul, Alegrete, Uruguaiana, São Gabriel, Santa Maria, Candiota, Pelotas, Rio Grande, Camaquã, Encruzilhada do Sul, São Jerônimo, Porto Alegre, Soledade, Butiá, Dom Feliciano, Santa Vitória do Palmar, Canguçu, Vila Nova do Sul, Santa Margarida do Sul, Gaspar/SC e Melo/Uruguai puderam conferir a nova pista.

Flores destacou que o evento começou com a recepção de todos os jipeiros, na sexta-feira, no Parque do Gaúcho. “Os jipeiros se hospedaram nos hotéis da cidade e alguns ficaram aqui no clube, acampados”, contou, ao detalhar que, nas disputas, os participantes  foram divididos em duas categorias: visitantes (fora da cidade ) e locais (bajeenses que participaram do evento).

“No sábado, todos os jipeiros saíram em comboio da sede do Jeep Clube, no Parque do Gaúcho, para a granja do 3º Regimento Cavalaria Mecanizada (Exército Brasileiro), onde foi feita a trilha, durante todo o dia”, comentou.

O integrante do clube detalhou que foram marcados 14 obstáculos, onde os jipeiros tentaram vencê-los, passando um por vez. “No final do dia, quem somou menos pontos, ou seja, quem conseguiu vencer (passar) o maior número de obstáculos foi o vencedor da 24ª trilha de Bagé”, ressaltou.

Foram premiados jipeiros do 1º ao 10º lugar, sendo duas premiações, para os visitantes e para os locais, complementou Flores. “Também foram premiados os participantes da cidade mais distante, também o maior comboio (é a cidade que vem com maior número de jeeps), o melhor companheiro (aquele visitante que se destacou ajudando) e o tranca trilha (este é para aquele que foi, mais vezes, puxado, desatolado pelo trator). A gente brinca que este é o troféu mais cobiçado pelos jipeiros”, acrescentou.

No domingo foi realizado o Jeep Croos, no Parque do Gaúcho, onde é a sede dos jipeiros bajeenses. “Esta foi uma corrida simples, que quem fez o menor tempo foi o vencedor. É corrida contra o relógio. Foram premiados os cinco melhores tempos, também os cinco para visitantes e cinco para bajeenses”, concluiu.

Por fim, foi inaugurada a pista de obstáculos, onde os jipeiros também correram contra o relógio, mas de maneira diferente, tendo que vencer vários obstáculos de um percurso no tempo menor possível, sendo premiados os cinco melhores. Ao meio-dia, aconteceu uma confraternização com churrasco de encerramento.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...