ANO: 24 | Nº: 6057
10/08/2018 Fogo cruzado

FGTAS abre inscrições para primeira Feira de Artesanato do Pampa em Bagé

Uma iniciativa da Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) junto à Prefeitura de Bagé, através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDI), a primeira Feira Estadual de Artesanato do Pampa promete expor e comercializar trabalhos de cerca de 80 artesãos gaúchos, na Rainha da Fronteira. Embora ainda não haja confirmação do local, o evento deve ocorrer no Clube Comercial, entre os dias 26 e 30 de setembro.
Artesãos individuais com Carteira de Artesão dentro do prazo de validade podem se inscrever, gratuitamente, até o dia 9 de setembro, nas Agências FGTAS/Sine, no interior do estado, ou na Casa do Artesão de Porto Alegre, de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h30min.
Após o período de inscrições, terá início o processo de seleção, que consistirá na entrega de cinco a 10 peças por matéria-prima para avaliação dos produtos artesanais por uma comissão de seleção, no dia 10 de setembro. Conforme o coordenador do Sine em Bagé, Marcelo Nalério, os interessados em se inscrever no evento devem ser cadastrados no Programa Gaúcho do Artesanato da FGTAS. A triagem, segundo o coordenador, se justifica devido ao Estado contar com mais de 81 mil artesãos cadastrados, sendo que 550 destes são ativos em Bagé e região. A realização de feiras, no município, é regulada por lei proposta pelas vereadoras Lia Rejane e Marina Portella, do PTB.
No interior do Rio Grande do Sul, a seleção será realizada nas agências FGTAS/Sine, e na capital, na Casa do Artesão de Porto Alegre, (avenida Júlio de Castilhos, nº 144), das 9h às 11h30min. A divulgação dos artesãos selecionados será realizada no dia 14 de setembro, através dos telefones (51) 3226-3055 e (51) 3226-6137.
De acordo com o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Bayard Paschoa Pereira, o artesanato é uma das apostas do atual governo municipal para o desenvolvimento econômico local. “Essa Feira Estadual é mais uma oportunidade para potencializarmos o artesanato da região. Em todos os eventos que podemos, colocamos um espaço para o artesãos locais", afirma.

Por Augustho Soares

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...