ANO: 24 | Nº: 6064
20/08/2018 Cidade

Movimento Estudantil da Unipampa prepara mobilização

Foto: Tiago Rolim de Moura

Casa do estudante está quase pronta
Casa do estudante está quase pronta

O aumento de 60% no valor da refeição no Restaurante Universitário (RU) da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) pegou muitos alunos de surpresa na última semana. A alimentação custava R$ 2,50 e, agora, passou para R$ 4,  pesando no orçamento dos estudantes que, na sua maioria, são oriundos de outros municípios do País e do Estado. Esse acréscimo fez com que o Movimento Estudantil da instituição se mobilizasse pedindo uma explicação para os gestores. Para tanto, atos devem acontecer em dois momentos distintos na terça-feira: às 11h e às 17h, em ambas atividades no saguão instituição.

Os estudantes Matheus Rodrigues, 21 anos, que cursa Letras, Português Literatura; Thomás Lahorgue, 28 anos aluno de Letras, Línguas Adicionais, e Rafael Xavier, 19, do curso de Letras Português, estão realizando o chamamento através de redes sociais, grupos particulares e através de panfletos distribuídos na instituição. Conforme Lahorgue, nem todos os acadêmicos têm condição de custear esse aumento que, conforme eles, não atingiu servidores e professores. “Há um desrespeito com os alunos”, enfatiza.

Além do valor da refeição, os alunos irão reivindicar a conclusão da Casa do Estudante que, segundo eles, está praticamente concluída faltando apenas poucos detalhes. “Muitos alunos estão com dificuldade de se manter na universidade por ter que custear moradia e alimentação e acabam voltando para casa”, disse Rodrigues.

Xavier salienta que a função das instituições federais é acolher os alunos, mas isso não está acontecendo de forma efetiva. Ele explica que antes havia verba para subsidiar o dobro de alunos. “Agora, que a Unipampa já completou 10 anos, foram cortados muitos programas de incentivo”, relata. 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...