ANO: 24 | Nº: 6038
14/09/2018 Cidade

Curso irá abordar técnicas para a utilização de drones

Foto: Arquivo JM

Serão apresentados os conceitos e formas de manejo do equipamento
Serão apresentados os conceitos e formas de manejo do equipamento

Uma parceria entre o Núcleo dos Engenheiros e Arquitetos de Bagé (Neab), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CreaRS) e o Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul (Senge-RS) está disponibilizando, a partir de hoje, um curso sobre o mapeamento com Vants (popularmente conhecidos por drones). O evento acontece na sede do Crea, situada na rua Bento Gonçalves, nº 150 -D, a partir das 8h30min.

Conforme o presidente do Neab, Adalberto Schafer, o curso terá duração de 16h e será ministrado por integrantes do Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O engenheiro salienta que, durante o evento, serão repassadas todas as etapas envolvidas no mapeamento com com drones, desde a escolha do equipamento, passando pelas fases de planejamento de campo, obtenção dos dados, processamento e finalização do produto. Além disso, o curso apresenta diversas aplicações, situação do mercado e a regulamentação vigente no Brasil. "Também será realizada uma demonstração do equipamento", disse.

Schafer salienta que foram disponibilizadas 25 vagas e o investimento é de R$ 550 para associados do Senge e Neab, e R$ 715 para os demais, podendo ser parcelado em duas vezes . Segundo o presidente, o equipamento é muito utilizado no campo e também para medições de fachadas de prédios. "O valor é baixo porque as entidades estão subsidiando parte do curso", relata.

O presidente enfatiza que, além dos engenheiros e arquitetos, houve procura por imobiliárias e profissionais do setor de comunicação. O curso encerra no sábado, às 18h. Os interessados podem se inscrever pelo telefone 999570717 . "Restam apenas cinco vagas", salienta.

Temas

Introdução e conceitos, tipos de Vants e de produtos, regulamentação, planejamento do mapeamento, aquisição dos dados, processamento dos dados, análise de qualidade dos produtos gerados, aplicações e mercado, exemplo prático.

Na parte prática de campo, que demandará em torno de duas horas, serão aplicados os conceitos abordados em sala de aula, onde os instrutores demonstrarão um exemplo prático das etapas envolvidas em um mapeamento aéreo com drones. Após o retorno à sala de aula, os dados obtidos no campo serão processados, finalizados e apresentados pelos instrutores.

Professores

O curso será ministrado Geólogo e mestre em Geociências com ênfase em Geoprocessamento, Francisco P. Garcia, e pelo geólogo e doutorando em Geociências, Guilherme S. Hoerlle.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...