ANO: 25 | Nº: 6405
18/09/2018 Cidade

Atividades culturais e artísticas marcam homenagem a Paixão Côrtes

Foto: Divulgação

Estudantes da rede municipal participaram das atividades
Estudantes da rede municipal participaram das atividades

Um dos nomes da Semana Farroupilha de Bagé, o fundador do Movimento Gauchesco Artístico-Cultural Rio-grandense (Mogar), João Carlos D'ávila Paixão Côrtes, foi homenageado, ontem, no Parque do Gaúcho. As atividades contaram com a presença de alunos das escolas municipais e apresentações das prendas e peões.

O memorial de Paixão Côrtes foi idealizado pela Escola de Laço Mário Brondani, que é patrono da Semana Farroupilha. As ações foram realizadas em parceria com as prendas e peões, que realizaram apresentações sobre a encilha, vaca parada, chimarrão brincadeiras de roda e danças tradicionais.

Nascido em Santana do Livramento, Paixão Côrtes liderou inúmeros movimentos importantes na história do tradicionalismo, dando origem ao símbolo da "chama crioula", por exemplo, além de muitos outros que inclusive inspiraram a criação da Semana Farroupilha. Dedicou sua vida a pesquisas históricas sobre a cultura do Rio Grande do Sul, resgatou as vestes, os costumes, as músicas e as danças. Foi modelo da Estátua do Laçador, que é a representação do gaúcho pilchado, instalada na entrada de Porto Alegre, onde hoje recorda a memória dos tradicionalistas que honram sua cultura e se orgulham dos ensinamentos trazidos por esse gaúcho que ensinou o que é a tradição.

De acordo com a primeira prenda adulta, Jade Correia Pereira, de 19 anos, as atividades aconteceram nos turnos da manhã e tarde e seguem, hoje, nos dois turnos. Na tarde de ontem foi realizada uma integração com os CTGs e apresentada a dança do pezinho, que foi uma das primeiras estudadas por Paixão Cortês. Além disso, a primeira prenda mirim, Larissa Jardim, realizou uma mostra sobre brinquedos e brincadeiras.

Além de Paixão Côrtes, a Semana Farroupilha irá prestar homenagem ao patrono e póstuma ao advogado e tradicionalista Diogo Madruga Duarte. Essas celebrações acontecem durante o desfile de 20 de setembro, que está previsto para as 9h30min, com abertura da Escolinha Cavalinho de Pau. Logo em seguida, haverá a apresentação de 41 entidades tradicionalistas. A previsão é que 1,5 mil cavalarianos participem da atividade.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...