ANO: 25 | Nº: 6335
06/11/2018 Cidade

Aluna da região é selecionada em Concurso Jovens Embaixadores 2019

Foto: Antônio Rocha

Isabelli passará três semanas em intercâmbio nos EUA
Isabelli passará três semanas em intercâmbio nos EUA
A estudante Isabelli Chaves Borba Silveira, 18 anos, de Dom Pedrito, foi uma das vencedoras do Concurso Jovens Embaixadores 2019, que selecionou 50 brasileiros para um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos. A iniciativa de responsabilidade social é realizada, anualmente, pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com organizações públicas e privadas.

Isabelli estuda na Escola Estadual de Ensino Médio Nossa Senhora do Patrocínio, localizada no centro de Dom Pedrito. Desde 2015, quando ingressou na Liga Jovem da cidade, se dedica a trabalhos voluntários. Atualmente, participa do Interact Club de Dom Pedrito Ponche Verde, um grupo de adolescentes de 12 a 18 anos, que são patrocinados pelo Rotary Club local, com o objetivo de ajudar a comunidade realizando campanhas e eventos beneficentes em asilos, creches, hospitais e orfanatos.

Ontem, quando veio a Bagé realizar procedimentos para a viagem, a pedritense revelou que sempre teve vontade de viajar para o país da norte-americano, então, ao descobrir a existência do concurso, decidiu se inscrever. "Foi mais por curiosidade, queria conhecer o país. Não sabia se iria conseguir a vaga, mas quis tentar", conta.

Para ser escolhida, a jovem passou por um processo de seleção, incluindo entrega de documentos que comprovassem sua renda, estudo em escola pública e atividade em trabalhos voluntários. Além disso, a pedritense também precisou passar por provas oral e escrita de inglês, para nivelar seus conhecimentos na língua.

Isabelli embarcará para os Estados Unidos no dia 11 de janeiro. Na primeira semana, ficará junto aos outros selecionados na cidade de Washington, onde participará de palestras e eventos promovidos pela Embaixada. Nas semanas seguintes, os jovens serão divididos em grupos menores e viajarão para diferentes estados do país, onde serão recebidos por famílias anfitriãs, frequentarão aulas em escolas locais e irão interagir com estudantes americanos da mesma idade, além de participar de atividades de responsabilidade social e cultural nas comunidades.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...