ANO: 25 | Nº: 6487
27/11/2018 Fogo cruzado

Legislação pode isentar prefeitura do pagamento de 50% do vale transporte

As comissões técnicas da Câmara de Vereadores de Bagé avaliam, hoje, durante roteiro de sessões extraordinárias, o projeto de lei que isenta a prefeitura do pagamento de 50% do vale transporte dos servidores públicos municipais. A matéria integra a pauta e pode ser votada, em caráter definitivo, ainda hoje.
Na justificativa apresentada aos vereadores, o prefeito Divaldo Lara, do PTB, argumenta que a comissão Especial de Licitação do Transporte Público, obteve a concordância dos representantes das Empresas Stadtbus e Anversa para a isenção de 50% do vale transporte do servidores públicos municipais, gerando uma economia mensal de cerca de R$ 90 mil, uma economia anual de mais de R$ 1 milhão. A medida, porém, depende de aprovação do Legislativo.
O chefe do Executivo justifica, ainda, que a iniciativa contou com aprovação popular, manifestada em audiência pública, realizada na Câmara no dia 20 de junho, e aprovação do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte Urbano e Rural, em reunião realizada no dia 25 de julho.
O petebista salienta, ainda, que também foi obtida, das empresas, a modernização do sistema de bilhetagem eletrônica (implantando sistema de biometria e reconhecimento facial) e a disponibilização de aplicativo gratuito para telefone celular, com a capacidade de informar os usuários a hora prevista de chegada dos veículos. “As medidas que melhoram a qualidade do serviço e a segurança dos usuários”, pontua.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...