ANO: 26 | Nº: 6542
10/12/2018 Cidade

Urcamp realiza primeira etapa do Processo Seletivo de Verão 2019

Foto: Tiago Rolim de Moura

Índice de abstenção na prova foi quase zero
Índice de abstenção na prova foi quase zero
Pelo menos uma hora antes do horário de aplicação da prova, previsto para as 14h de ontem, centenas de estudantes já circulavam pelos corredores da Urcamp, em Bagé, onde puderam conhecer as novas instalações e a moderna estrutura que irão estudar a partir do início do ano que vem. Salas de Inovação com aparato tecnológico, espaços de circulação e ambientes remodelados para que o aluno tenha condições de se sentir estimulado a desenvolver projetos dentro da graduação escolhida.

Os cinco campi da Instituição aplicaram a redação que serve como passaporte de ingresso para as mais de 20 graduações oferecidas pela Urcamp. Cerca de 600 estudantes realizaram a prova nesse primeiro momento. Para quem não conseguiu comparecer no domingo, a Urcamp irá oferecer outras duas oportunidades de vestibulares em janeiro e fevereiro.

Júlia Pintos, 17 anos, fez o seu primeiro vestibular e optou pelo curso de Fisioterapia. Ela diz que tomou a decisão depois de visitar a Feira das Profissões, em outubro, quando todos os cursos da Instituição abriram seus laboratórios e mostraram parte de suas estruturas para as escolas do Ensino Médio de toda a região. "Eu vi as possibilidades que eu podia ter dentro da Fisioterapia, todo o material, os equipamentos e foi ali que fiquei determinada. A Urcamp tem o preparo que a gente precisa depois que sai do Ensino Médio para atuar na profissão" justifica.

Luís Gabriel Nogueira Jardim, 16 anos, decidiu pelo Jornalismo. "Acho que é o que me identifico mais e a Urcamp tem credibilidade. Estou entusiasmado", revela.

Já Mariele Dias da Silva, 17 anos, dedicou seu foco no Direito, pelo leque de opções e áreas de atuação que o curso oferece após a conclusão da graduação. "Já tinha vontade, desde criança, de estudar Direito. Era um curso que me chamava a atenção e sei que o da Urcamp é um dos mais qualificados, por isso optei por vir fazer aqui", revelou.

Os coordenadores dos cursos, sob a orientação da Pró-reitoria de Ensino, ajudaram na aplicação das provas, que contaram com dois temas propostos para que o estudante pudesse optar sobre qual dissertar: "As fake news talvez não sejam tudo isso" e "Sociedade Sustentável". Ambos os títulos contaram com um breve texto de apoio para ampliar as possibilidades de escrita do candidato.

A pró-reitora de Ensino, Virgínia Dreux, era só otimismo, em função do índice de abstenção que foi praticamente zero. "Estamos felizes de ver nossas salas de aulas lotadas. A gente vê o quanto as pessoas anseiam chegar no Ensino Superior e a Urcamp se planejou, se capacitou para implementar um novo modelo totalmente inovador. Paralelo a isso, os nossos valores estão muito atrativos, totalmente compatíveis com a realidade da região e do ensino de qualidade que a gente busca", explica.

O Ensino Inovador é a grande novidade para 2019 dentro da Instituição, o que a Urcamp está chamando de Graduação I, um modelo totalmente voltado às atividades práticas, que encorajam o aluno a desenvolver soluções em cima de problemas reais, já desde o primeiro semestre, é o que revela o vice-reitor da Urcamp, Fábio Josende Paz. "Esses novos alunos terão aqui uma nova estrutura, ambientes inovadores e virtuais que estimulam a criatividade. A Urcamp pretende que, estimulando métodos já consagrados como esses que estamos propondo, o nosso aluno tenha muito mais preparo para enfrentar o mercado de trabalho", comentou.

Os aprovados nesse primeiro vestibular receberão, no dia 12 de dezembro, o resultado por e-mail e também por SMS, através do celular, e, assim, deverão entrar imediatamente em contato com a Urcamp. As matrículas serão realizadas de 12 a 20 de dezembro. As próximas provas de vestibular complementar para o ano letivo de 2019 serão nos dias 16 de janeiro e 14 de fevereiro de 2019.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...