ANO: 25 | Nº: 6381
18/01/2019 Fogo cruzado

Câmara vai debater futuro das empresas públicas

Foto: Sidimar Rostan/Especial JM

Representantes da Adefers se reuniram com vereadores, ontem
Representantes da Adefers se reuniram com vereadores, ontem
O Legislativo bajeense vai convocar uma audiência pública para debater a perspectiva de privatizações de empresas públicas do Estado. A agenda foi confirmada, ontem, pelo presidente da Casa, vereador Carlos Adriano Carneiro (Esquerda), do PTB. A data, ainda de acordo com o petebista, deve ser definida na próxima semana.
Esquerda recebeu, ontem, representantes da Associação dos Funcionários Públicos em Defesa das Estatais e do Patrimônio Público (Adefers), contrária às privatizações, que, na região, podem produzir impacto através da Companhia Rio-grandense de Mineração (CRM), que tem mina em Candiota, e da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), que tem gerência em Bagé.
Frustradas durante a gestão de José Ivo Sartori, do MDB, as privatizações retornaram à pauta do Palácio Piratini, como uma prioridade do governador Eduardo Leite, do PSDB, para o primeiro ano de gestão. A medida representa uma contrapartida para a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal e já é tratada em agendas do tucano com deputados estaduais.
O presidente da Adefers, Fabrício Vilneck Cavalheiro, observa que, na legislatura passada, a mobilização contrária iniciou pela Câmara de Bagé, com a aprovação de uma moção. Representantes da Associação tornaram a apresentar argumentos aos vereadores, justificando o impacto das privatizações na economia local. O movimento resultou na abertura do diálogo, através da organização da audiência pública. Parlamentares manifestaram, ainda, a intenção de atuar na articulação para que a pauta seja apresentada a deputados e senadores.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...