ANO: 25 | Nº: 6401
21/02/2019 Cidade

Sorteio de residenciais da Zona Norte acontece neste final de semana

Foto: Antônio Rocha

Representantes do governo e da construtora atualizaram sobre a obra e explicaram como será o evento
Representantes do governo e da construtora atualizaram sobre a obra e explicaram como será o evento

A vida de 600 famílias deve começar a mudar neste final de semana. No sábado e domingo, serão realizados os sorteios das unidades dos residenciais Nª Sra. Auxiliadora e Sagrada Família, construídos através do programa Minha Casa Minha Vida. O sorteio das residências acontece a partir das 8h, no Ginásio Militão. O assunto foi tratado, ontem à tarde, no Salão Nobre da Prefeitura de Bagé. Participaram da mesa o coordenador de Habitação da Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso, Paulo Larrosa, secretário da Smasi, Ramão Bogado, a assistente social da secretaria, Regina Baldissera, o prefeito em exercício, Manoel Machado, além do empresário responsável pela construtora Dallé.
Larrosa explicou que 2.450 mil pessoas devem participar do sorteio, que irá definir as 600 famílias para habitar os dois empreendimentos, além de uma lista com 30% deste número para compôr o cadastro reserva. O primeiro sorteio, que acontece no sábado, será para definir os 300 moradores do residencial Nª Sra. Auxiliadora (Espanha 2). Já no domingo, será a vez de definir os 300 nomes para o residencial Sagrada Família (Espanha 3). “Estamos divulgando, também, a lista de inscritos para os residenciais, o número da sorte de cada um e qual o dia do sorteio a que devem comparecer”, explica.
Além disso, Larrosa adiantou que dois ônibus estarão à disposição dos concorrentes que não têm como ir para o ginásio. Os dois veículos partem da frente da Prefeitura, na General Osório, um às 7h30 min e outro às 8h30min.
A lista dos inscritos e o número para o sorteio estão à disposição no site da Prefeitura. Após o sorteio, a equipe da Coordenadoria de Habitação irá montar um dossiê das famílias com todos os documentos e informações e enviará à Caixa, que fará os cruzamentos de todos os dados, bem como a análise e divulgação da lista dos contemplados com as unidades

Construção adiantada
Já o empresário Luis Fernando Dalé, classificou como “maravilhoso” o programa Minha Casa Minha Vida, já que possibilita que as famílias de baixa renda adquiram imóvel próprio. Além disso, aproveitou a ocasião para atualizar os dados das obras dos empreendimentos.
De acordo com os dados apresentados, o residencial Nª Sra. Auxiliadora, já está com 100% dos apartamentos concluídos na parte estrutural; 280 com aptos instalações elétricas construídas; 284 com instalações hidráulicas; 236 com janelas colocadas, 179 com contrapiso, 120 com piso, azulejos e rodapés, 103 com forro da cozinha e banheiro colocados, 76 com pintura e textura, quatro torres com pintura externa concluída. A rede cloacal está 99% pronta, além de 87% da rede de esgoto pluvial , rede de abastecimento d’água 94% concluída, 94% da rede de abastecimento e 98% da pavimentação externa concluídas. Já o residencial Sagrada Família, está com 258 dos 300 apartamentos com parte estrutural pronta, 234 com instalações elétricas instaladas, 204 com a parte hidráulica pronta, 202 janelas instaladas, 157 com contrapiso pronto, 92 com piso, rodapés e azulejos, 86 com forro, 58 com texturas e pintura. O esgoto pluvial está com 81% pronto, 79% do esgoto pluvial, 80% da rede de água, 80% da pavimentação externa finalizada.
O canteiro de obras conta, atualmente, com 110 trabalhadores próprios da Dallé Construtora envolvidos, além de 32 equipes de terceirizados, totalizando 220 funcionários em ação para finalização das 600 unidades. “Acredito que em quatro ou cinco meses, dependendo das condições climáticas, seis meses, entregamos a obra”, destacou.

Machado projeta mais moradias
De acordo com o prefeito em exercício, Manoel Machado, este é um dos momentos de maior alegria para a gestão municipal. “É uma conquista que nosso governo teve, de trazer um projeto habitacional desse tamanho para a cidade”, celebrou.
Machado não descartou a possibilidade de garantir novos empreendimentos para Bagé, referindo-se ao projeto de outras 600 moradias apresentadas pela Dallé Construtora, que não foram contempladas com recursos do Governo Federal. “Estes 600 apartamentos que ficaram para trás foram prometidos para nós. Tenho certeza que existe a possibilidade de novamente irmos ao Ministério das Cidades e dizer que os prazos foram cumpridos aqui; a secretaria (Smasi) fez seu trabalho e uma seleção bem feita, com sorteio dentro das regras do Ministério para estas 1.164 moradias que foram liberadas. E o crédito para mais 600 estará lá, à nossa disposição”, ressalta.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...