ANO: 25 | Nº: 6402
13/03/2019 Fogo cruzado

Governo prepara processo para concessão do aeroporto de Bagé

Foto: Divulgação

Terminal pode integrar planejamento do PPI
Terminal pode integrar planejamento do PPI
A intenção de transferir o Aeroporto Internacional de Bagé - Comandante Gustavo Kraemer – foi confirmada, ontem, pelo secretário especial do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), Adalberto Vasconcelos, em entrevista à Rádio Jovem Pan. O terminal pode ser ofertado em uma rodada de concessões que deve ser lançada na próxima semana, incluindo aeroportos em Curitiba, Foz do Iguaçu, Uruguaiana, Bacacheri, Londrina, Pelotas, Navegantes e Joinville.
A concessão deve ser inserida no PPI, criado pelo governo de Michel Temer e mantido pelo presidente Jair Bolsonaro. A perspectiva é de que os primeiros leilões, que incluiriam o terminal bajeense, ocorram no próximo ano. Administrado pela Infraero, o Aeroporto Internacional de Bagé pode ser ofertado no primeiro lote. A informação foi divulgada, inicialmente, pelo Valor Econômico, em dezembro do ano passado.
Através do PPI, o governo federal já formalizou a concessão de aeroportos em Fortaleza, Florianópolis, Salvador e Porto Alegre. O processo envole seis etapas, inciando por estudos técnicos, que antecedem a consulta pública. Antes do edital com as regras dos leilões, ainda é necessário um acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU). No caso do aeroporto Salgado Filho, de Porto Alegre, as etapas consumiram praticamente dois anos.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...