ANO: 25 | Nº: 6399
14/03/2019 Cidade

Empresa que produz carvão vegetal na região abre mercado de exportação para Europa e Ásia

Foto: Divulgação

Empresa planta em cinco municípios da região
Empresa planta em cinco municípios da região
O carvão vegetal produzido pela Sul Agroflorestal, iniciada em 2019, em Hulha Negra, chegou às churrasqueiras da Europa e da Ásia. A empresa reflorestadora, criada em 2007, cultiva 1,5 mil hectares de eucalipto e 1,5 mil de acácia negra, na região, e projeta expansão até o final do ano.
Conforme o gerente da empresa na região, Afrânio Dóglia, a missão inicial era atender a necessidade de madeira com a vinda de investimentos das indústrias florestais para a metade Sul do Rio Grande do Sul. Com o passar do tempo, a empresa se solidificou no setor florestal, com 21 projetos em cinco municípios (Bagé, Candiota, Hulha Negra, Aceguá e Dom Pedrito).
Dóglia salienta que, originalmente, a madeira de acácia era produzida para celulose e tanino, mas, como houve uma diminuição no mercado dessa madeira, houve o investimento para a produção de carvão vegetal. O gerente explica que o produto denominado Lidera começou a ser produzido há cerca de um ano, mas somente após todas as licenças ambientais e certificações foi empacotado e comercializado.

Expansão
Ainda segundo Dóglia, a produção atual é de 200 toneladas por mês. Até o inverno deste ano, a meta é aplicar para 500 toneladas mensais. Atualmente, a empresa gera cerca de 100 empregos diretos e indiretos entre a floresta, colheita e produção do carvão vegetal.


Exportação
O gerente informa que o produto está ganhando mercado. Ele destaca que 60% da produção já é exportada para países da Ásia, Europa e América do Sul. “O carvão foi uma alternativa de agregar valor e gerar emprego. Hoje é a melhor opção para o aproveitamento da madeira”, diz.


Mercado
De acordo com Dóglia, o carvão busca atender aos consumidores mais exigentes, pois é produzido a partir das melhores florestas e com um rigoroso controle de qualidade na sua queima. Hoje o carvão Lidera é comercializado em 120 pontos de venda em Bagé e região e conta com 100% de recompra. “O produto está sendo bem aceito no mercado interno e externo. Estamos buscando parceria com a principal indústria de carvão do Estado”, adianta.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...