ANO: 25 | Nº: 6401
08/05/2019 Fogo cruzado

Justiça Eleitoral aprova contas do Solidariedade de Bagé

As contas do diretório bajeense do Solidariedade, referentes ao exercício financeiro de 2017, foram aprovadas com ressalvas pela Justiça Eleitoral. A decisão observa que a Declaração de Ausência de Movimentação Financeira foi apresentada dentro do prazo legal e os documentos demonstram que de fato não houve movimentação de recursos.
Ainda de acordo com a decisão, o extrato bancário do diretório não apresenta movimentação financeira e não foram encontrados recibos eleitorais emitidos pelo diretório municipal. A análise técnica e o representante do Ministério Público entenderam, porém, pela desaprovação das contas, porque o tesoureiro não assinou a declaração.
O juiz eleitoral Ricardo Pereira de Pereira destaca, entretanto, que a ‘Declaração de Ausência está devidamente assinada pelo presidente do partido da época do exercício financeiro ora em análise e a ausência de assinatura do tesoureiro constitui-se mera impropriedade formal que não tem o condão de impedir a fiscalização da movimentação financeira do partido’.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...