ANO: 25 | Nº: 6312
01/06/2019 Cidade

Casa do Empreendedor abre as portas com objetivo de diminuir a burocracia

Foto: Divulgação

Acolhimento será o ponto principal do espaço
Acolhimento será o ponto principal do espaço

Foi inaugurada, ontem, à noite, a Casa do Empreendedor. A iniciativa desenvolvida pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDI) chega para desburocratizar, reduzindo, ao máximo, prazos, e centralizando, em uma estrutura digital, o registro e a emissão de alvarás. O espaço, localizado na rua Bento Gonçalves, nº 335, terá a representação de todos os envolvidos nos processos de abertura e legalização de empresas, para que os interessados consigam resolver essas questões em um único local.

Segundo o titular da SDI, Bayard Paschoa Pereira, a Casa significa uma conquista histórica, reivindicada, há muito tempo, por todos que acreditam que o empreendedorismo é a única saída sensata que o país precisa percorrer. O espaço foi concebido com o propósito de acolher com excelência as demandas dos empreendedores. “Trabalhamos nessa ideia desde o início do mandato do prefeito Divaldo Lara, que anunciou o seu total apoio à iniciativa”, comenta .

Conforme o secretário, a Casa é a porta de entrada para quem quer empreender e terá um acolhimento especial ao empresário. “No local, estarão presentes todos os órgãos municipais e entidades que dialogam com o processo e será sede do Comitê Municipal de Governança Empreendedora”, comenta. Bayard ressalta que a finalidade é mudar substancialmente a realidade atual, transformando Bagé em referência no processo de abertura de empresas, no acolhimento de empreendedores e na atração de novos investimentos.

Bayard ressalta que o site da Casa está sendo finalizado e, até segunda-feira, já deve estar disponível. Com isso, todos os documentos para abertura das empresas poderão ser digitalizados e o alvará também poderá ser expedido via on-line. “Será tudo digitalizado e a ideia, após a entrega da documentação, é que o alvará saia na hora”, disse. No espaço, também estarão disponíveis guichês com sistema automatizado, que possibilitarão aos empreendedores resolverem problemas e pendências com diversas entidades e setores do município, em um único local.

A Casa do Empreendedor tem abrangência local e impactará todos os empreendedores formais ou em processo de regularização. A coordenadora geral do espaço será a gestora pública Leísa de Llano, que possui ampla experiência em gestão pública, já tendo ocupado outros cargos no município e no Estado.

Funcionamento

A Casa, que inicia os trabalhos na segunda-feira, das 8h às 14h, terá coordenação própria e espaço para reuniões. No local, existirão atendentes que representarão todas as secretarias envolvidas no processo de abertura e regularização de empreendimentos no município, entre elas a SDI; Secretaria de Economia, Finanças e Recursos Humanos (Sefir); Secretaria de Meio Ambiente e Atenção ao Bioma Pampa (Semapa); Secretaria de Gestão Planejamento e Captação de Recursos (Geplan) e Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência. Também o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Sindicato dos Contabilistas, Junta Comercial do Estado, Associação Comercial e Industrial de Bagé (Aciba), Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), Sindicato dos Lojistas de Bagé (Sindilojas), Associação dos Jovens Empreendedores (Aje), Corpo de Bombeiros, Conselho Bajeense da Mulher Empreendedora (Cobame), Ordem dos Advogados da Brasil (OAB) e universidades locais.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...