ANO: 25 | Nº: 6257
12/06/2019 Fogo cruzado

PSL tem mais de 100 filiados em Bagé

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Partido do presidente Bolsonaro recebeu mais de 70 filiações, em dois meses, na Rainha da Fronteira
Partido do presidente Bolsonaro recebeu mais de 70 filiações, em dois meses, na Rainha da Fronteira
O Partido Social Liberal (PSL) cresceu consideravelmente na região, desde a eleição do presidente da República, Jair Bolsonaro. Com mais de cem filiados em Bagé, a sigla, agora, registra também filiações em Candiota e em Aceguá.
Em maio de 2018, de acordo com levantamento do TSE, o PSL tinha apenas 28 filiados em Bagé. O volume de filiações saltou para 106, em maio deste ano, um ano depois. Aceguá e Dom Pedrito têm três filiados cada, enquanto Candiota contabiliza dois.
Fundado em 1994, o PSL só obteve registro definitivo em 1998, sob a presidência de Luciano Bivar. O pleito presidencial de 2018 foi o segundo do partido. Em 2006, o próprio Bivar disputou o cargo, tendo como vice Américo de Souza.
Em Bagé, Uidson Ricardo Santos dos Santos (Zoinho) disputou a prefeitura pela legenda, em 2016. A candidatura foi indeferida pela Justiça Eleitoral porque o diretório municipal da sigla não estava vigente.

Densidade eleitoral
O alcançou um resultado expressivo em Bagé, no pleito de 2018. Além dos 31.074 votos de Bolsonaro, no segundo turno da disputa pela presidência, o tenente-coronel Zucco, eleito para a Assembleia Legislativa, totalizou 1.519 votos na Rainha da Fronteira. O deputado estadual Ruy Irigaray, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Estado, totalizou 655 votos na cidade. O deputado federal Sanderson alcançou 1.432 votos no município.

Representatividade
O partido que tinha apenas um deputado federal, em 2014, elegeu 52 parlamentares, em 2018, garantindo uma das maiores bancadas na Câmara dos Deputados, atrás apenas do PT, que elegeu 56. O crescimento refletiu nas filiações. Em maio de 2014, o partido tinha 1.861 filiados em 42 cidades gaúchas. Em maio de 2019, o PSL já contabilizou 4.594 filiados no Rio Grande do Sul, distribuídos em 174 municípios.
O 11º contingente está em Bagé. No ranking de filiações, o município está atrás apenas de Canoas (837), Porto Alegre (457), Sapucaia do Sul (319), Caxias do Sul (235), Sarandi (200), Gravataí (195), Cachoeirinha (179), Alvorada (151), Alegrete (142) e São Leopoldo (106). A Rainha da Fronteira, onde as filiações evoluíram desde abril, está à frente de Santa Maria (69), Pelotas (61), Rio Grande (32), Passo Fundo (33) e Uruguaiana (9).

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...