ANO: 25 | Nº: 6405
09/08/2019 Cidade

Corrida Fantástica acontece no dia 20 de agosto

Foto: Antônio Rocha

Evento ocorrerá no Ginásio Militão
Evento ocorrerá no Ginásio Militão
A sexta edição da Corrida Fantástica já tem data marcada. Acontece no dia 20 de agosto, a partir das 14h, no Ginásio Presidente Médici - Militão. A atividade faz parte da programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência.

Idealizadora da atividade, a presidente da Associação Bajeense de Pessoas com Deficiência (Abadef), Cimone Barbosa Gonzales, adianta que devem participar assistidos da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), além de competidores de Aceguá, como tem acontecido nas últimas edições. “Ainda não podemos precisar um número total de participantes porque vamos intensificar a divulgação esta semana”, diz.

A corrida é dividida em três modalidades, de acordo com a deficiência dos competidores: livre/intelectual, mobilidade reduzida e cadeirantes. Pessoas com deficiência não ligadas a alguma entidade também podem participar. Basta realizar inscrição gratuita na sede da Abadef, junto à Biblioteca Pública Dr. Otávio Santos, ou através do e-mail abadefbage@hotmail.com.

Além da corrida, outras atividades marcam a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência. “Hoje, o trabalho relacionado à pessoa com deficiência está bem amplo e não se resume só a semana nacional. Tanto que, após a Semana Nacional, estamos organizando um encontro, com a participação do Estado, e lançamento de livro sobre política pública da pessoa com deficiência”, adianta.

Assim, representando o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Compede), a Abadef e o Conselho Estadual, Cimone participa do Seminário Estadual Protagonismo da Pessoa com Deficiência como Legisladores e Gestores Públicos e do simpósio Os impactos da regulamentação do modelo biopsicossocial da deficiência, a partir da avaliação do instrumento de avaliação, ambos em Porto Alegre.

Já o livro a que Cimone se refere, Política da Pessoa com Deficiência no Brasil – Percorrendo o labirinto, de Jorge Amaro de Souza Borges, será lançado em Bagé, porém, ainda sem data definida. A obra traz legislação sobre acessibilidade desde a década de 1960, normas da ABNT, principais políticas públicas, dados da participação social, evolução conceitual e modelos existentes e indicadores sobre deficiência. Borges é doutor em Políticas Públicas, mestre em Educação, biólogo e premiado ativista de Direitos Humanos.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...