ANO: 25 | Nº: 6353
28/08/2019 Cidade

Agricultura, infraestrutura e turismo são escolhidos pela região para cédula da Consulta Popular

Foto: Antônio Rocha

Delegados municipais definiram os três eixos que irão à votação
Delegados municipais definiram os três eixos que irão à votação

Com a presença dos delegados de todos os municípios que compõem o Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede), foram escolhidos, ontem, os três projetos que irão compor a cédula de votação da Consulta Popular 2019. Última etapa antes da votação, que acontece nos dias 4, 5 e 6 de setembro, a Assembleia Pública Ampliada foi realizada no Salão de Atos da Urcamp. Uma equipe do Departamento de Desenvolvimento Regional da Secretaria de Gestão do gGoverno do Estado do Rio Grande do Sul acompanhou a realização do encontro para sanar dúvidas dos participantes quanto ao andamento do processo.

Quem abriu o encontro foi a presidente do Corede, Lia Maria Herzer Quintana, reitora da Urcamp e presidente da Fundação Attila Taborda, que abordou a importância do processo participativo para o desenvolvimento regional. “Neste ano, o processo está mais modesto, mas é importante que tenhamos essa verba. Para nós, que estamos nessa Metade Sul empobrecida, qualquer valor é dinheiro e pode agregar”, destacou.

Assessora técnica do Corede Campanha, Elizabeth Drumm frisou que apesar dos recursos serem inferiores aos dos últimos anos, é observado um movimento de todos os atores envolvidos para a convergência de ações em prol do desenvolvimento regional. O vice-presidente do Corede, Fábio Pintos, destacou a presença massiva dos representantes dos sete municípios no encontro de definição das pautas. “Agora, é o momento de cada município, através de seu Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude), mobilizar a população para participar da votação”, apontou.

Após votação dos delegados eleitos nas assembleias municipais, foram elencados três projetos para compor a cédula de votação: desenvolvimento da agricultura e cadeias produtivas; fortalecimento da região turística do Pampa; melhoramento das estradas vicinais da região. Das três prioridades que serão dispostas na cédula da Consulta, apenas a mais votada receberá o aporte de verbas do Governo do Estado. A partir da escolha, os valores serão rateados de forma igualitária entre os municípios componentes do Corede: Bagé, Aceguá, Hulha Negra, Candiota, Lavras do Sul, Dom Pedrito e Caçapava do Sul.

Neste ano, o governo do Estado destinou R$ 20 milhões para a Consulta Popular. Para o Corede Campanha, está previsto o montante de R$ 800 mil, ou cerca de R$ 114 mil para cada cidade. O enfoque estabelecido pelo Executivo gaúcho é o Desenvolvimento Regional, valorizando projetos que ampliem o crescimento econômico, ciência e a inovação em áreas como Agricultura, Infraestrutura, Turismo, entre outros.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...