ANO: 26 | Nº: 6541
11/05/2020 Fogo cruzado

Biometria alcançou 43% do eleitorado de Bagé

Foto: Felipe Valduga

Identificação abrange 39.271 eleitores bajeenses
Identificação abrange 39.271 eleitores bajeenses

A identificação do eleitor bajeense por meio das impressões digitais alcançou 43,11%, totalizando 39.271 eleitores, de acordo com balanço atualizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prazo para regularização do título eleitoral encerrou na semana passada.
O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) informou que os eleitores que não realizaram a biometria nos municípios onde houve revisão biométrica, nos anos de 2019 e 2020, não precisarão fazer qualquer ajuste em seus títulos, desde que tenham votado normalmente na última eleição.
O TSE suspendeu o cancelamento de títulos dos eleitores que não compareceram ao cadastramento biométrico obrigatório para as eleições municipais deste ano, prevista para o dia 4 de outubro (primeiro turno) e 25 do mesmo mês (segundo turno). A medida não se aplica para eleitores que tiveram o título cancelado por algum ilícito, como por exemplo fraude.
A suspensão ocorre devido ao período de isolamento provocado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A medida é temporária, pois após a realização do pleito, o cadastro eleitoral será reaberto e as inscrições que foram reabilitadas para o voto voltarão a ser consideradas canceladas no cadastro eleitoral. Sendo assim, passadas as eleições, esses eleitores terão que comparecer aos cartórios para fazer a coleta biométrica e regularizar a situação perante a Justiça Eleitoral.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...