ANO: 26 | Nº: 6590
05/07/2020 Fogo cruzado

Lei inclui farinha de arroz na merenda escolar

Foto: Celso Bender | Agência ALRS

Legislação foi proposta pelo deputado Gabriel Souza, do MDB
Legislação foi proposta pelo deputado Gabriel Souza, do MDB

O governador Eduardo Leite, do PSDB, sancionou a lei que inclui a farinha de arroz e produtos sem glúten no cardápio da merenda escolar da rede pública estadual do Rio Grande do Sul. De autoria do deputado Gabriel Souza, do MDB, a nova legislação oferece uma opção de alimentação adequada para estudantes alérgicos ou que possuem intolerância ao glúten.
O Rio Grande do Sul produz cerca de 70% do arroz nacional, mas a farinha de arroz (que é um coproduto do cereal), na maioria das vezes, é importada de outros estados. O cenário pode mudar com a nova legislação. “A partir da nossa lei estadual, será possível fomentar a produção local e incentivar que através de cooperativas de economia familiar sejam desenvolvidos projetos que preveem a produção da farinha no estado. O mesmo poderá ser feito por pequenos produtores dos derivados da farinha, como pães, biscoitos e bolachas sem glúten”, afirmou Souza.
presidente da Associação dos Arrozeiros de Palmares do Sul e Capivari do Sul e coordenadora da Confraria do Arroz, Lívia Carvalho, observa que, além de se tratar de uma proposta que promove a inclusão, já que alérgicos e celíacos se encontram muitas vezes à margem da alimentação, o projeto da farinha de arroz valoriza o setor produtivo. “O arroz tem características essenciais e nutricionais que podem ser melhor utilizadas. Além disso, nós somos produtores de 70% desse grão e temos que usar mais o arroz e os co-produtos para fomentar a geração de emprego e renda no estado”, avalia.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...