MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Expectativa é que Câmara defina composição da CPI dos Combustíveis na próxima semana

Em 20/02/2021 às 09:30h

por Redação JM

Expectativa é que Câmara defina composição da CPI dos Combustíveis na próxima semana | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Lelinho cobra agilidade no trâmite frente a novo aumento anunciado | Foto: Anderson Vaz

Em janeiro deste ano, uma mobilização de vereadores estabeleceu a abertura, na Câmara, de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apuração do preço praticado, em Bagé, na venda dos combustíveis. Contudo, até o momento, os trabalhos não iniciaram pela necessidade de definição da composição do grupo. A expectativa, agora, é que tal ato seja formalizado na próxima quinta-feira, dia 25, quando o Legislativo realiza a reunião semanal da Comissão Representativa, que atua durante o recesso.

Um dos responsáveis pelo movimento, o vereador Lelinho Lopes (PT) diz que basta haver a presença de representantes partidários para que a CPI seja formada. "Serãos dois vereadores do PTB, um do PT, um do Progressistas e um da minoria (quatro partidos disputam a vaga). Ainda não conseguimos reunir os representantes. Já passaram três sessões. Eu tenho a expectativa que resolvamos esta questão na próxima quinta", comentou à coluna.

Para o petista, a agilização para que a Comissão possa atuar é fundamental, ainda mais diante de um novo aumento nos preços dos combustíveis que fizeram com que o litro da gasolina comercializado em Bagé ultrapassase os R$ 6. "Temos que debater e espero que nosso trabalho gere um resultado final que contribua com um redimencionamento do valor cobrado na cidade, que é o maior do país", analisou.

Caso a formação seja efetuada no dia 25, os parlamentares integrantes terão um prazo inicial de 90 dias para desenvolverem as investigações, com base na análise de dados, oitivas e, até mesmo, debates públicos.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 999719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online